Novo governador de Alagoas toma posse e anuncia 'primeiro escalão ocupado, em sua maioria, por mulheres'

Postado em 15 de Maio de 2022 ás 17:13

Após ser eleito pelos deputados estaduais para mandato-tampão, Paulo Dantas discursou no plenário da Assembleia Legislativa e falou sobre o futuro do estado. Posse do novo governador de Alagoas, Paulo Dantas
Igor Pereira/Ascom ALE
Logo após a sessão extraordinária na Assembleia Legislativa (ALE) que elegeu o novo governador de Alagoas, neste domingo (15), Paulo Dantas (MDB) tomou posse no cargo, em um ato comandado pelo presidente da Mesa Diretora, o deputado Marcelo Victor (MDB).
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
Em seu discurso de posse, o novo governador lembrou sua trajetória, fez agradecimentos e anunciou o primeiro ato de governo: nomear mulheres para a maioria dos cargos de primeiro escalão, ou seja, nas secretarias estaduais mais importantes. Os novos secretários foram nomeados por meio de publicação no Diário Oficial do Estado.
"A melhor forma de reconhecer de verdade o valor das mulheres alagoanas é trabalhar para mudar essa estrutura machista secular que existe em nosso estado. Por isso, eu vou anunciar aqui o primeiro ato de meu governo: pela primeira vez na história de Alagoas e na história do Brasil, o primeiro escalão do governo será ocupado, em sua maioria, por mulheres", afirmou Dantas.
LEIA O DISCURSO NA ÍNTEGRA
Para o novo governador, a participação majoritária das mulheres em postos com poder de decisão sobre as políticas públicas é um "passo decisivo para avançarmos na efetivação da equidade de gênero. Porque, para mim, lugar de mulher é na liderança, lugar de mulher é na política, lugar de mulher é onde ela quiser".
Leia também:
Deputado do MDB e aliado dos Calheiros... veja trajetória do eleito
Quatro chapas receberam votos; saiba como votou cada deputado
Lobão assume vaga deixa por Dantas: 'Vontade de trabalhar'
Eleição indireta aconteceu sub judice; entenda
Dantas teve 21 votos e foi eleito por maioria absoluta, em primeira votação, alcançando mais da metade dos votos dos membros do Legislativo Estadual (27 parlamentares). Ele e o vice-governador, José Wanderley Neto, vão exercer um mandato-tampão, válido somente pelo período que falta para concluir o mandato dos antecessores, Renan Filho (MDB) e Luciano Barbosa (MDB), que renunciaram aos cargos de governador e vice, respectivamente.
A sessão extraordinária na ALE contou com 25 deputados e duas ausências. Outras três chapas receberam um voto cada uma e um dos parlamentares presentes votou em branco. Os adversários na eleição indireta também foram citados no discurso de posse.
"Aproveito para cumprimentar também meus concorrentes nessa eleição, os deputados Cabo Bebeto e Davi Maia, além de Danúbia, Flávio, Luciano e Wadeildo, cidadãos alagoanos que democraticamente também participaram desta eleição. Sim, vocês foram meus concorrentes, nunca inimigos. Vocês podem contar comigo. Que fique bem claro: a partir de hoje sou o governador de todos os alagoanos", disse.
Deputado elegem Paulo Dantas (MDB) para 'mandato tampão' em Alagoas
Sobre o futuro do estado sob sua gestão, Paulo Dantas afirma que pretende focar na segurança pública e na assistência social.
"No meu governo, a segurança vai continuar sendo prioridade. Eu e minha família já sentimos na pele as dores dessa violência e eu não desejo que ninguém passe por isso". Em outro trecho, cita os reflexos da pandemia da Covid e ressalta que "meu compromisso é dar prioridade para o social. Fazer mais para quem mais precisa. Fazer um governo 100% gente".
Transmissão de cargo
Governador interino, desembargador Klever Loureiro transmite cargo para o governador eleito, Paulo Dantas
Michelle Farias/g1
Após a solenidade de posse, Paulo Dantas seguiu para o Museu Palácio Floriano Peixoto, no centro de Maceió, onde foi realizada a transmissão de cargo, uma outra solenidade em que o então governador interino, o desembargador Klever Loureiro, passa o cargo para o novo governador.
O senador Renan Calheiros (MDB) e o ex-governador Renan Filho (MDB) estiveram presentes ao ato de transmissão de cargo. Os Calheiros foram apoiadores diretos da candidatura de Dantas ao mandato-tampão.
"Eu vou trabalhar, trabalhar e trabalhar para melhorar os índices de Alagoas. Trabalhar para que a mãe não veja o filho entrar no mundo do crime porque falta emprego, moradia e oportunidade”, disse Dantas em mais um discurso, após a solenidade de transmissão de cargo.
O governador interino, o desembargador Klever Loureiro disse que nunca imaginou ocupando o cargo de governador de Alagoas, mas que governou com o seu estilo, dito por ele como "reservador e humilde".
“Disse na minha posse e repito agora que, jamais, nem mesmo em sonho, imaginei governar o estado de Alagoas, nunca, em momento nenhum da minha vida. Essa possibilidade não me passou pela cabeça. Procurei dar sequência à proposta administrativa que aqui encontrei, fui dando conta apenas de reger a orquestra no exercício. Sempre com meu estilo reservado, humilde como sou por natureza, mas firme e disposto a cumprir a missão até o fim. Conduzi o estado de Alagoas com a simplicidade que caracteriza meu estilo, mas com a firmeza e imparcialidade de magistrado. Nunca o cargo me subiu à cabeça”, disse Klever Loureiro.
Assista aos vídeos mais recentes do g1 AL
O
Veja mais notícias da região no g1 AL
OUÇA AO VIVO
-