Pedro Vilela, suplente de JHC na Câmara Federal, diz que aguarda convocação para assumir a vaga

Postado em 30 de Novembro de 2020 ás 18:47

Prefeito eleito de Maceió, JHC precisa renunciar ao mandato de deputado federal antes de tomar posse como chefe do Executivo Municipal. Só então o suplente será convocado. Pedro Vilela (PSDB) aguarda convocação para assumir vaga de JHC (PSB) na Câmara dos Deputados
Arquivo pessoal
O primeiro suplente de deputado federal Pedro Vilela (PSDB-AL) vai assumir a vaga na Câmara dos Deputados deixada por JHC (PSB), prefeito eleito de Maceió. Mas, primeiro, é preciso que o atual deputado federal renuncie ao cargo para assumir a chefia do Executivo Municipal.
A assessoria de JHC informou na tarde desta segunda-feira (30) que ele ainda não oficializou a renúncia. Em entrevista ao G1, Pedro Vilela falou que aguarda a convocação oficial para assumir a vaga.
"A expectativa é de muito trabalho. Retomar a defesa de bandeiras que julgo fundamentais como a valorização da educação, o incentivo ao empreendedorismo e a geração de emprego e renda, a modernização da máquina pública e o fortalecimento de ações de proteção social por exemplo", disse Pedro Vilela.
Em todo Brasil, nove suplentes de deputados federais vão assumir mandatos definitivos na Câmara após a eleição dos titulares para prefeituras nas eleições deste ano. O levantamento foi divulgado pela Secretaria-Geral da Mesa Diretora.
Vilela informou ainda que se coloca à disposição do prefeito eleito, JHC, para trabalhar pelos interesses da capital alagoana.
"Devo manter uma interlocução frequente com os gestores públicos do Estado, inclusive o prefeito eleito de Maceió, JHC, com quem já conversei e me coloquei a disposição", disse.
Deputado em 2015 e suplente em 2018
Pedro Torres Brandão Vilela tem 35 anos, é advogado e nasceu em Maceió. No período de 2013 a 2014, assumiu a Secretaria de Esporte e Lazer do município.
Foi eleito deputado federal nas eleições de 2014 e exerceu o cargo de 2015 a 2018.
No último pleito, ele obteve 37.203 votos e não conseguiu se reeleger, ficando como suplente da coligação. Pedro Vilela é sobrinho do ex-governador de Alagoas, Teotonio Vilela Filho (PSDB).
Veja os vídeos mais recentes do G1 Alagoas
Initial plugin text
OUÇA AO VIVO
-