Mais de 40 municípios de Alagoas estão em situação de emergência por causa da seca

Postado em 21 de Janeiro de 2022 ás 13:58

Governo do Estado publicou decreto que reconhece situação crítica no interior. Falta de chuva afeta abastecimento de água para o consumo da população e dos animais nas regiões. Governo declara situação de emergência em 42 cidades do semiárido de Alagoas
Yasmin Pontual/TV Gazeta
O governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), decretou situação de emergência em 42 municípios do estado (confira a lista abaixo) devido à falta de chuvas nas regiões e, por consequência, o baixo volume de água nas reservas hídricas. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado dessa sexta-feira (21).
As regiões afetadas pela estiagem estão em situação de emergência por 180 dias. O governo informou que, junto a órgãos municipais, vai adotar medidas para restabelecer a normalidade na região do semiárido.
O decreto considera que a população dos municípios se encontra em situação econômica desfavorável e que a falta de chuvas agrava o caso. A estiagem vem afetando o abastecimento de água para o consumo da população e também para os animais.
Veja os municípios em situação de emergência
Água Branca
Arapiraca
Batalha
Belém
Belo Monte
Cacimbinhas
Canapi
Carneiros
Coité do Nóia
Craíbas
Delmiro Gouveia
Dois Riachos
Estrela de Alagoas
Girau do Ponciano
Igaci
Inhapi
Jacaré dos Homens
Jaramataia
Lagoa da Canoa
Major Izidoro
Maravilha
Mata Grande
Minador do Negrão
Monteirópolis
Olho d’Água das Flores
Olho d’Água do Casado
Olho d’Água Grande
Olivença
Ouro Branco
Palestina
Palmeira dos Índios
Pão de Açúcar
Pariconha
Paulo Jacinto
Piranhas
Poço das Trincheiras
Quebrangulo
Santana do Ipanema
São José da Tapera
Senador Rui Palmeira
Tanque d’Arca
Traipu
Veja os vídeos mais recentes do g1 AL
Veja mais notícias da região no g1 AL
OUÇA AO VIVO
-