Operação policial encerra campeonato de canto de pássaros e resgata mais de 30 aves na Barra de São Miguel, AL

Postado em 20 de Setembro de 2021 ás 12:17

Aves estavam sem anilhas registradas no órgão ambiental ou com anilhas falsificadas e adulteradas. 16 pessoas foram levadas para a sede da Polícia Federal para esclarecimentos. Operação apreende mais de 30 aves silvestres em torneio de canto de pássaros
Uma operação da Polícia Federal, Ibama e Batalhão de Polícia Ambiental encerrou um campeonato de canto de pássaros realizado em um ginásio poliesportivo na Barra de São Miguel, Região Metropolitana de Maceió, no domingo (19). 34 aves foram apreendidas e vão passar por perícia.
Segundo a PF, foram constatadas diversas irregularidades no torneio, como aves sem anilhas registradas no órgão ambiental, além de pássaros com anilhas falsificadas e adulteradas.
As anilhas são necessárias para o controle de criadores de aves exóticas e silvestres. A falsificação de anilhas é crime com pena prevista de dois a seis anos de reclusão.
Competição foi realizada em ginásio de uma escola na Barra de São Miguel
Polícia Federal
16 pessoas foram levadas para a sede da Polícia Federal para esclarecimentos. Todos os animais apreendidos durante a fiscalização foram encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres do Ibama.
A Polícia Federal disse que espera os resultados do exame pericial para instaurar inquérito.
Muitos pássaros estavam sem anilhas
Polícia Federal
Veja os vídeos mais recentes do G1 AL

Veja mais notícias da região no G1 AL
OUÇA AO VIVO
-