Bombeiros resgatam banhistas ilhados no mar da Pajuçara, em Maceió

Postado em 19 de Setembro de 2021 ás 16:11

Grupo entrou no mar na maré baixa e foi surpreendido quando a água subiu. Bombeiros chamam atenção para os riscos desse tipo de passeio. Viatura do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas
Derek Gustavo/G1
O Corpo de Bombeiros resgatou, na tarde deste domingo (19), quatro pessoas que ficaram ilhadas no mar da Praia de Pajuçara após a maré subir. Elas foram resgatadas com a ajuda de botes salva vidas.
Os banhistas entraram no mar através do caminho de areia que se forma quando a maré fica baixa. Eles foram surpreendidos quando a água subiu e ficaram ilhados, sem ter como voltar para a praia.
Os Bombeiros foram acionados e oito militares participaram do resgate. Os guarda-vidas foram até o local e, após a chegada da guarnição, todos foram retirados do mar sem necessidade de atendimento médico.
O Sargento Rodolfo Marcelo, do Grupamento de Salvamento Aquático (GSA), explicou que a faixa de areia, conhecida como "Caminho de Moisés" é um fenômeno oceanográfico que ocorre onde existe um ponto da superfície do oceano que é mais alto por apresentar maior volume de areia. Isso fica mais evidente nas marés baixas. Ele reforçou que o banhista deve ficar atento antes de percorrer o local.
"O banhista deve consultar sempre a tábua da maré para saber que horas está subindo e que horas está vazando. Tanto a ida quanto a volta devem ser programadas. As marés ficam cheias por 6 horas e depois secam por mais 6 horas. O banho com segurança pode ser feito nesse intervalo. Como se trata de um fenômeno meteorológico e oceanográfico, é necessário que se tenha um planejamento para aproveitar o passeio em segurança. Uma vez que você está lá dentro, longe da areia, não percebe quando a maré está subindo. Quando está chegando no seu ponto de enchente, isso acontece muito rápido e é preciso bastante atenção", explicou o sargento.
Veja os vídeos mais recentes do G1 Alagoas
Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
OUÇA AO VIVO
-