Justiça suspende pagamento de 13º salário de vereadores de Maceió

Postado em 20 de Janeiro de 2022 ás 19:50

Juiz Antônio Emanuel Dória afirma que aprovação violou o princípio da legalidade. Decisão não vale para as outras vantagens aprovadas pelos vereadores. Benefício foi aprovado na última sessão de 2021 pelos vereadores de Maceió
Ascom/ Câmara de Maceió
A Justiça acatou o pedido feito em uma ação popular e suspendeu o 13º salário que seria pago aos vereadores da Câmara de Maceió. O benefício foi aprovado na última sessão de 2021, em conjunto a aprovação da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2022 e outras vantagens para os parlamentares. A decisão foi publicada nesta segunda-feira (17).
LEIA TAMBÉM:
MP-AL move ação na Justiça para anular 13º salário de vereadores de Maceió
A ação foi impetrada pelos advogados Othoniel Pinheiro, Welton Roberto, José Carlos Fernandes e Sandra Barbosa Gomes e acatada pelo juiz de direito da 14ª Vara da Fazenda Municipal de Maceió, Antônio Emanuel Dória Ferreira.
Na decisão, o magistrado diz que "a fixação do 13º salário não pode ser considerado um simples assunto a ser incluído no regimento interno por meio de Resolução". E completa dizendo que a aprovação violou o princípio da legalidade e outras normas, apresentando vício de nulidade, razão pela qual deve ser imediatamente suspensa, sob pena de haver violação diária de valores constitucionais.
A decisão não é válida para as outras medidas aprovadas, que são o aumento da Verba Indenizatória de Apoio Parlamentar (VIAP) e o aumento no número de cargos da Mesa Diretora. Essas medidas ainda dependem do veto ou sanção do Prefeito JHC (PSB).
VÍDEO: Aprovação do 13º salário para vereadores de Maceió aconteceu no último dia de 2021
Câmara aprova Orçamento 2022 de Maceió
Assista aos vídeos mais recentes do g1 AL
Veja mais notícias da região no g1 AL
OUÇA AO VIVO
-